11º Fórum Internacional pelo Desenvolvimento Sustentável

Promovido pelo Instituto Sustentar de Responsabilidade Socioambiental, teve como tema Desafios globais, soluções locais e o futuro tecnológico sustentável e contou com patrocínio da ArcelorMittal, Gerdau, Belotur, Cenibra, Vallourec e FCA Fiat Chrysler, além do apoio do Sebrae Minas, FDC (Fundação Dom Cabral) e da WayCarbon e parceria de outras instituições.

Considerado um dos eventos mais importantes da América Latina sobre sustentabilidade, o Sustentar 2018 reuniu, na sede do Sebrae Minas Gerais, dia 23 de novembro, cerca de 1,5 mil pessoas, que participaram de painéis simultâneos voltados para sensibilizar e ajudar cidadãos e empresas a gerir seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as fundamentais na construção de uma sociedade sustentável.

A programação do Sustentar 2018 contou com: Solenidade de Abertura; Grande Diálogo: Visão e Sustentabilidade; Demoday Hackathon; Fórum Inovação Sustentável; Fórum Estratégias, Tecnologias, Gestão para Responsabilidade Socioambiental; Fórum Oportunidades, Mercados Sustentáveis e Futuro; e Workshop Internacional – Como Planejar, Desenvolver e Comercializar Produtos de Ecoturismo Promovendo o Desenvolvimento de Comunidades. Ainda fez parte do evento, o Espaço Sustentar de Inovação, onde foram apresentados produtos, tecnologias e serviços voltados para responsabilidade socioambiental.

“No período da manhã, tivemos um diálogo focado nas demandas dos líderes, em que governos, empresas e sociedade fizeram uma previsão para o desenvolvimento sustentável do Brasil nos próximos 10 anos. Já à tarde, foram abordados temas como economia circular, precificação de carbono, o papel da academia no processo de inovação das empresas, o que as grandes empresas podem aprender com as startups, a indústria 4.0, entre outros”, pontuou a diretora-executiva do Instituto Sustentar de Responsabilidade Socioambiental, Jussara Utsch.

Entre os mais de 30 palestrantes e mentores presentes, estavam Afonso Cozzi, professor e pesquisador do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral; Gabriela Yamaguchi, diretora de comunicação e engajamento do WWF-Brasil; Douglas Trent, criador do Projeto Bichos do Pantanal, patrocinado pela Petrobras através do programa Petrobras Socioambiental, e um dos maiores especialistas da vida silvestre brasileira; Carlos Arruda, professor de Inovação e Competitividade e gerente do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral; Fábio Feldman, ex-deputado federal e Ex-secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo; a professora de Estudos Globais da Nottingham Trent University, Kathryn Lum; e outros.

Outro diferencial desta edição foi o documento produzido para ser entregue ao presidente eleito, com as expectativas dos eleitores e empresas para o setor. “Em um momento de transição, em que um novo presidente da República está prestes a assumir seu mandato, a realização desta edição do Sustentar foi, acima de tudo, extremamente oportuna, até porque não se sabe ainda, com clareza razoável, quais são suas concepções e propostas quanto a questões como desenvolvimento sustentável, meio ambiente e inovação. A sustentabilidade exige planejamento de curto, médio e longo prazo, por isso as políticas precisam ser de estado e não apenas desse ou daquele governo”, analisou o presidente do Conselho do Instituto Sustentar, Roberto Fagundes.

Espaço Sustentar de Inovação   

 

Parte da programação do Sustentar 2018, o Espaço Sustentar de Inovação contou com a presença de startups de inovação e tecnologia. Com o objetivo de promover debates e networking, o ambiente reuniu os participantes: Instituto Espinhaço – Projeto Semeando Florestas Colhendo Águas, Portal Verde, LiaMarinha, Calculadora de Carbono de Inhotim, Market Play, Cooperárvore, Casa Zero, Aterra Ambiental e outros.

 

Bioenergia Social    Outro destaque da programação do 11º Sustentar foi  a apresentação do programa Gerdau Bioenergia Social, feito em parceria com a startup Bchem Biocombustíveis, que produz biodiesel a partir do óleo de cozinha usado. Os participantes do evento puderam acompanhar ao vivo a transformação do material.