Biodiversidade brasileira apresenta grande potencial de aplicação no setor cosmético

De acordo com Eduardo Pagani, gerente de desenvolvimento do LNBio, o Brasil possui 55 mil espécies vegetais, sendo que em torno de 600 plantas já estão catalogadas e prontas para uso na indústria

O Brasil conta com amplo mercado para os produtos naturais com aplicação em cosméticos. Em palestra no Workshop Técnico do ITEHPEC, que ocorre em paralelo à feira in-cosmetics Latin America 2018, o gerente de desenvolvimento do LNBio (Laboratório Nacional de Biociência), Eduardo Pagani, explicou sobre a potencialidade da biodiversidade brasileira. “Temos um mercado para produtos naturais com grandes oportunidades de desenvolvimento, inovação e geração de negócios”, afirma.

De acordo com ele, a Mata Atlântica apresenta 7% a mais de espécies da biodiversidade do que a Amazônia. “O Brasil é o país mais amplo do mundo em recursos naturais. Temos 55 mil espécies vegetais e já conseguimos catalogar em torno de 600 plantas que podem ser utilizadas pela indústria cosmética em substituição aos compostos sintéticos. Nossa expectativa é chegar a 2 mil espécies naturais que serão utilizadas como os novos ativos para a indústria cosmética”, explica Pagani.

Para o gerente do LNBio, a exploração sustentável da biodiversidade brasileira pode contribuir significativamente para a sua preservação. “Temos equipes envolvidas na extração de plantas na Mata Atlântica, Amazônia, Cerrado e Caatinga. São mais de 3 mil famílias impactadas em 50 mil hectares de área sustentável em um ambiente em desenvolvimento”, finaliza.

A feira vai até amanhã, 20 de setembro, das 10 às 19h no Expo Center Norte – Pavilhão Azul, São Paulo – Brasil. Informações sobre a programação: http://latinamerica.in-cosmetics.com/pt-br

Para mais informações sobre a feira, acessar o press kit digital www.kbcomunicacao.com/incosmetics

Sobre a in-cosmetics: plataforma global de negócios voltada especificamente para o mercado de matérias-primas para a indústria de cosméticos. Teve início na Inglaterra em 1990 e já soma dezenas de eventos na Europa, na Ásia e nas Américas. É reconhecida por conectar estas regiões às principais tendências do setor, gerando relações de valor, networking, aprendizado e inovação. O Brasil recebe a quinta edição Latina da feira.

Sobre a Reed Exhibitions: principal organizadora de eventos do mundo, com mais de 500 eventos em mais de 30 países. Em 2016 a Reed reuniu mais de sete milhões de participantes em eventos de todo o mundo, gerando bilhões de dólares em negócios. Hoje os eventos da Reed são realizados em toda a América, Europa, Oriente Médio, Ásia-Pacífico e África, organizados por equipes em 38 escritórios. A Reed Exhibitions atende a 43 setores da indústria com eventos comerciais e de consumo. Faz parte do RELX Group plc, líder mundial no fornecimento de informações e análises para clientes em todas as indústrias. www.reedexpo.com

COMPARTILHAR