Chega ao Brasil tecnologia que gera energia e reduz em até 70% nível de evaporação de reservatórios 

Fabricado no País, flutuadores solares podem aumentar em 20% a capacidade de oferta hídrica das companhias de saneamento no Brasil

A nova tecnologia da Ciel & Terre Brasil, uma joint venture formada pela Sunlution, empresa líder no fornecimento de sistemas de energia solar, e Ciel & Terre Internacional, fabricante francesa de soluções para usinas flutuantes de geração fotovoltaica, promete ampliar, mesmo em tempos de escassez de água e baixo nível dos reservatórios, a capacidade de oferta hídrica das companhias de saneamento no Brasil.

A empresa passa a fabricar no País o flutuador solar e aposta na utilização do sistema para cobrir parte dos espelhos d’água de reservatórios de companhias de saneamento. A tecnologia reduz em até 70% o nível de evaporação da água nos locais onde o equipamento fica instalado, o que permite maior oferta hídrica e, ao mesmo tempo, utilização da energia gerada para abastecer a operação da companhia.

Outra aplicação do flutuador é gerar energia em reservatórios de usinas hidrelétricas, como já ocorre em Balbina (Eletronorte – AM) e Sobradinho (Chesf – BA), e aproveitar as vantagens de infraestrutura já existentes nas instalações hidrelétricas para que as operações da geração solar possam ser otimizadas. “Como a estrutura está toda pronta, não há necessidade de se investir em transmissão ou em subestação, como acontece em muitos projetos eólicos, por exemplo”, ressalta Orestes Gonçalves, diretor da Ciel & Terre Brasil.

Já para o setor agrícola, a empresa pretende instalar os flutuadores em lagos e represas de propriedades rurais e, desta forma, garantir o abastecimento energético para a produção. Estudos mostram que a redução da evaporação com o flutuador permite ao agricultor aumentar em cerca de 20% a sua produção.

COMPARTILHAR