Em comemoração ao 10º “Dia Mundial do Voluntariado”, colaboradores da DHL realizam ações sustentáveis e beneficentes no Brasil

  • Depois da realização da 1ª edição, na região Ásia/Pacífico, em 2008, o “Dia Mundial do Voluntariado” (#globalvolunteerday) se tornou um marco mundial
  • Só em 2017, mais de 100 mil funcionários, em todas as regiões do globo, doaram 400 mil horas de seu tempo a quase 3 mil projetos sociais e ambientais
  • Iniciativas no Brasil abrangem plantio de árvores, sessão de cinema, atenção a jovens carentes e construção de casas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

São Paulo/Bonn, outubro de 2018: Em setembro, o Grupo Deutsche Post DHL, líder global em soluções logística, convocou colaboradores de todo o mundo a participar do 10º “Dia Mundial do Voluntáriado” do grupo. No período, os funcionários do grupo apoiram ativamente projetos beneficentes em suas respectivas regiões. Muitas equipes aproveitam essa oportunidade para ajudar quem precisa, como jovens em situações sociais desvantajosas. Outras iniciativas de voluntariado incluem a construção de acomodações para pessoas sem teto, cuidados com crianças refugiadas e apoio a projetos ambientais. Só no ano passado, mais de 100 mil funcionários, em todas as regiões do globo terrestre, doaram aproximadamente 400 mil horas de seu tempo a quase 3 mil projetos. Com isso, a iniciativa fez uma contribuição real e duradoura, que beneficia tanto os funcionários quanto a sociedade.

“Graças ao compromisso de longo prazo dos nossos colaboradores e ao apoio da liderança, o ‘Dia Mundial do Voluntariado’ cresceu nos últimos anos, transformando-se em uma grande história de sucesso”, explica Christof Ehrhart, Vice-presidente Executivo de Comunicação Corporativa e Responsabilidade do Grupo Deutsche Post DHL. Funcionários da Ásia celebraram o primeiro “Dia Mundial do Voluntariado” em 2008. Apenas três anos depois, o Grupo Deutsche Post DHL transformou a data em um evento global e, em 2013, ampliou sua abrangência para incluir projetos de voluntariado ativos o ano todo. “O envolvimento social e ambiental é uma parte essencial da nossa estratégia corporativa, e temos muito orgulho de as atividades voluntárias dos nossos funcionários terem crescido tanto nos últimos anos, além da diversidade dos próprios projetos.”

Os colaboradores escolhem os projetos locais que desejam apoiar, embora o foco recaia sobre áreas como educação e empregabilidade para jovens ou proteção ambiental, que estão alinhadas com programas da empresa como, por exemplo, o GoTeach, GoHelp ou GoGreen. “Muitos funcionários querem contribuir para a nossa meta do projeto Mission 2050, de plantar um milhão de árvores por ano, e estão entusiasmados com os projetos de plantio de árvores do ’Dia Mundial do Voluntariado’”, conta Ehrhart. “No entanto, muitos outros também se envolvem com projetos de auxílio a refugiados, para ajudá-los em sua integração social e direcionamento profissional em sua entrada no mercado de trabalho.”

No Brasil, duas divisões do grupo Deutsche Post DHL (DHL Global Forwarding e DHL Supply Chain) se uniram mais uma vez para fazer um grande mutirão de plantio de árvores. A ação, desenvolvida em parceria com prefeituras, ONGs e outros parceiros locais, foi realizada em 18 cidades, de oito Estados. O mutirão, que envolveu colaboradores e familiares, demandou grande mobilização, uma vez que foram os voluntários que articularam os parceiros e insumos necessários com apoio da DHL. O plantio é realizado em áreas nativas (visando à recuperação) e urbanas (visando aprimorar a qualidade do ar).

Já a DHL Express Brasil promoveu uma sessão de cinema especial para 80 pessoas, entre crianças e idosos de 4 organizações não-governamentais. Para realizar essa ação, a empresa disponibilizou 58 funcionários para serem lanterninhas voluntários. A sessão visou oferecer a primeira chance dos convidados de assistir um filme no cinema, com direito a pipoca e refrigerante. Em paralelo, a empresa organizou uma campanha de doação de brinquedos em bom estado para o Hospital das Clínicas, em São Paulo.

As ações de voluntariado se extendem também ao ano todo por meio da “Olimpíada Social” e de projetos contínuos. No primeiro caso, é promovida uma competição saudável entre os escritórios, centros de distribuição e outros pontos de atuação da DHL para verificar qual doa mais horas de ação voluntária. Em 2017, esta iniciativa atingiu a marca de 500 projetos sociais apoiados, a partir de 20 mil horas de trabalho, beneficiando mais de 50 mil pessoas em todo Brasil. Já os projetos contínuos são três: o Dhedicar (reforço escolar e orientação profissional a jovens da periferia), o Formare (formação profissional em logística para jovens da região de Louveira, Osasco e Itatiaia) e a parceria com a ONG TETO para a construção de casas emergenciais.

COMPARTILHAR