Fauna é tema de encontro com entidades estaduais

Ministério do Meio Ambiente recebe demandas da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema) sobre controle ambiental. 

LETÍCIA VERDI

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) recebeu a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema) para tratar da gestão da fauna silvestre. “A ideia é harmonizar as ações federais e estaduais. Estamos trabalhando para construir soluções coletivas”, afirmou o diretor de Conservação e Manejo de Espécies do MMA, Ugo Eichler Vercillo.

O presidente da Abema, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, foi recebido pelo secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA, Edson Duarte, e por representantes da Secretaria de Biodiversidade do MMA e do Ibama. Estavam presentes gestores dos órgãos estaduais de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais e Pará. 

A Abema apresentou um ofício ao MMA com demandas das entidades ambientais estaduais, elaborado por um grupo de trabalho formado por técnicos da fauna. Entre as demandas, a maioria direcionada ao Ibama, estão questões relacionadas à operação do Sistema Nacional de Gestão de Fauna Silvestre (Sisfauna) e do Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros (Sispass). 

A capacitação dos servidores, um dos pontos do ofício, foi abordada pela coordenadora e diretora substituta do departamento de Conservação e Manejo de Espécies do MMA, Marília Marini. “Já temos recursos aprovados pelo GEF Pró-Espécies para melhoria do Sisfauna e do Sispass e capacitação dos gestores para utilização dos sistemas”, disse. 

Os Centros de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), unidades do Ibama responsáveis pelo manejo dos animais silvestres recebidos de ação fiscalizatória, resgate ou entrega voluntária de particulares, também estiveram na pauta da reunião. O próximo encontro ficou marcado para o dia 17 de janeiro, quando o MMA apresentará as respostas às demandas da Abema. 

Ministério do Meio Ambiente