MAIS DE 6 MIL KM DE LINHAS ELÉTRICAS VÃO A LEILÃO

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai leiloar 6.600 quilômetros de linhas de transmissão da rede básica de energia elétrica no dia 2 de setembro, na sede da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa). A licitação é dividida em 22 lotes distribuídos em 9 estados : Bahia, Ceará, Goiás, Espirito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A expectativa de investimentos é de R$ 11,8 bilhões e geração de 24.034 empregos diretos.

A licitação foi aprovada nesta terça-feira (5) pela diretoria da Aneel e faz parte da segunda etapa do Leilão de Transmissão nº 13/2015. Segundo o edital, as instalações de transmissão deverão entrar em operação comercial no prazo de 48 a 60 meses a partir da assinatura dos respectivos contratos de concessão, prevista para 25 de novembro de 2016. Serão implantados aproximadamente 6.600 km de linhas de transmissão e 6.750 MVA em capacidade de subestações.

Retorno

A soma das Receitas Anuais Permitidas (RAP) máximas dos 22 lotes é de R$ 2,02 bilhões. O concessionário vencedor terá direito ao recebimento, por 30 anos, da Receita Anual Permitida pela prestação do serviço, a ser recebida a partir da operação comercial.

Para essa etapa, foi proposta a introdução de procedimento de licitação com grau de vinculação entre lotes condicionantes e lotes condicionados. Caso o lote condicionante não possua proponente, necessariamente será descartada a licitação dos seus lotes condicionados. Os lotes condicionantes poderão ser concedidos, mesmo que seus lotes condicionados não possuam proponentes.

Abaixo, a tabela com todos os 22 lotes

Lote

Empreendimento

Estado

A LOTE 1, composto pela seguinte instalação:  

 

– LT 500 kV Sapeaçu – Poções III C1, com 260 km.

Bahia

B LOTE 2, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionante dos Lotes 3, 4, 5 e 6):  

 

– LT 500 kV Poções III – Padre Paraíso 2 C1, com 334 km;
– LT 500 kV Padre Paraíso 2 – Governador Valadares 6 C1, com 207 km;
– SE 500 kV Padre Paraíso 2;
– SE 500/230 kV Governador Valadares 6 – (6+1Res) x 200 MVA.

Bahia

Minas Gerais

C LOTE 3, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionado ao Lote 2):  

 

– LT 500 kV Poções III – Padre Paraíso 2 C2, com 338 km.

Bahia

Minas Gerais

D LOTE 4, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 2):  

 

– LT 500 kV Padre Paraíso 2 – Governador Valadares 6 C2, com 208 km.

Minas Gerais

E LOTE 5, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 2):  

 

– SE 500 kV Padre Paraíso 2 – Compensador Estático 500 kV (-150/+300) Mvar.

Minas Gerais

F LOTE 6, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionado ao Lote 2 e condicionante do Lote 7):  

 

– LT 500 kV Governador Valadares 6 – Mutum C1, com 156 km;
– LT 500 kV Mutum – Rio Novo do Sul C1, com 132 km;
– SE 500 kV Mutum;
– SE 500/345 kV Rio Novo do Sul – (3+1 Res) x 350 MVA.

Minas Gerais

Espirito Santo

G LOTE 7, composto pela seguinte instalação (lote condicionado ao lote 6):  

 

– LT 500 kV Governador Valadares 6 – Mutum C2, com 165 km.

Minas Gerais

H LOTE 8, composto pela seguinte instalação:  

 

– LT 500 kV Rio da Éguas – Barreiras II C2, com 251 km;

Bahia

Goiás

I LOTE 9, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionante do Lote 10):  

 

– LT 500 kV Barreiras II – Buritirama C1, com 213 km;
– SE 500 kV Buritirama.

Bahia

J LOTE 10, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionado ao Lote 9):  

 

– LT 500 kV Queimada Nova II – Curral Novo do Piauí II C1, com 109 km;
– LT 500 kV Buritirama – Queimada Nova II, C1, com 376 km;
– SE 500 kV Queimada Nova II.

Piauí

Bahia

K LOTE 11, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 10):  

 

– LT 500 kV Queimada Nova II – Milagres II C1, com 322 km.

Piauí

Pernambuco

Ceará

L LOTE 12, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 10):  

 

– LT 500 kV Buritirama – Queimada Nova II, C2, com 380 km.

Bahia

Piauí

M LOTE 13, composto pelas seguintes instalações:  

 

– LT 500 kV Açu III – Milagres II C2, com 292 km;
– LT 500 kV Açu III – João Câmara III C2, com 143 km.

Rio Grande do Norte

Paraíba

Ceará

N LOTE 14, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionante dos Lotes 15, 16 e 18):  

 

– LT 500 kV Igaporã III – Janaúba 3 C1, com 257 km;
– LT 500 kV Janaúba 3 – Presidente Juscelino C1, com 337 km;
– SE 500 kV Janaúba 3 (novo pátio de 500 kV – parte 1).

Minas Gerais

Bahia

O LOTE 15, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 14):  

 

– LT 500 kV Igaporã III – Janaúba 3 C2, com 257 km.

Minas Gerais

Bahia

P LOTE 16, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado ao Lote 14):  

 

– LT 500 kV Janaúba 3 – Presidente Juscelino C2, com 330 km.

Minas Gerais

Q LOTE 17, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionante do Lote 18):  

 

– LT 500 kV Bom Jesus da Lapa II – Janaúba 3 C1, com 304 km;
– LT 500 kV Janaúba 3 – Pirapora 2 C1, com 238 km;
– SE 500 kV Janaúba 3 (novo pátio de 500 kV – parte 2).

Minas Gerais

Bahia

R LOTE 18, composto pela seguinte instalação (Lote condicionado aos Lotes 14 ou 17):  

 

– SE 500 kV Janaúba 3 – Compensadores Síncronos – 2 x (-90/+150) Mvar.

Minas Gerais

S LOTE 19, composto pela seguinte instalação:  

 

– LT 500 kV Presidente Juscelino – Itabira 5 C2, com 189 km.

Minas Gerais

T LOTE 20, composto pelas seguintes instalações:  

 

– LT 500 kV Rio das Éguas – Arinos 2 C1, com 230 km;
– LT 500 kV Arinos 2 – Pirapora 2 C1, com 221 km;
– SE 500 kV Arinos 2.

Goiás

Minas Gerais

Bahia

U LOTE 21, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionante do Lote 22):  

 

– LT 345 kV Viana 2 – João Neiva 2 – 79 km;
– SE 345/138 kV João Neiva 2, (9+1Res) x 133 MVA;
– Compensador Estático 345 kV (-150/+150) Mvar.

Espírito Santo

V LOTE 22, composto pelas seguintes instalações (Lote condicionado ao Lote 21):  

 

– LT 500 kV Mesquita – João Neiva 2, com 236 km;
– SE 500/345 kV João Neiva 2, 500/345 kV – (3+1Res) x 350 MVA.

Minas Gerais

Espírito Santo

Fonte: Portal Brasil, com informações da Aneel

COMPARTILHAR