Melhoria contínua, o futuro da eficiência energética       

O conceito será discutido durante o 13º COBEE, que acontecerá nos dias 30 e 31 de agosto, em São Paulo

Eficiência energética nada mais é do que a utilização racional das fontes de energia. Até hoje, o desperdício era identificado por meio de um diagnóstico energético em que ações pontuais eram indicadas para solucionar os problemas. No entanto, para a Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ABESCO), a eficiência energética deve ser entendida como um processo de melhoria contínua. “Se pensarmos apenas em ações pontuais, como troca de lâmpadas e motores, teremos resultado por apenas um ou dois anos, pois a tecnologia fica obsoleta. É preciso entender que a eficiência energética é um conjunto de ações que envolvem educação, comportamento, tecnologia e acompanhamento, por isso o conceito de melhoria contínua”, explica o presidente da ABESCO, Alexandre Moana.

Com o objetivo de aproximar e promover o intercâmbio de experiências, o 13º Congresso Brasileiro de Eficiência Energética (COBEE) reunirá especialistas para discutir e apresentar as novidades em Mecanismos de Certificação e Processos de Gestão Energética nos dias 30 e 31 de agosto, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Patrick Silva, diretor de Infraestrutura da BASF para América do Sul, apresentará as iniciativas desenvolvidas pela empresa para alcançar a excelência em eficiência energética. Uma das ações é o projeto Triple E (Excellence in Energy Efficiency), que foi lançado no fim de 2015 no Complexo Químico de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, e tem como objetivo avaliar oportunidades e fomentar melhorias nas práticas para a gestão de energia nos processos.

“A eficiência energética é um tema de extrema importância para a BASF e a empresa já trabalha nesse sentido há alguns anos. Com o Triple E fomos um passo além. Para a concepção do projeto, a empresa criou um time multifuncional para gestão das ações, que tem como missão avaliar oportunidades e fomentar melhorias nas práticas para a gestão de energia nos processos. Entre as medidas a serem adotadas, está a norma internacional ISO 50001, que auxilia as empresas a estabelecer práticas mais eficientes e modernas no uso desse recurso. Além disso, estamos realizando benchmarks com empresas do setor e capacitando nossos colaboradores em relação à ISO 50001, com o intuito de obter os melhores resultados de nossos esforços”, ressalta o diretor.

Participam ainda do painel Mecanismos de Certificação e Processos de Gestão Energética o diretor executivo da Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência das Instalações (ABRINSTAL), Alberto Fossa, o diretor da Anima Projetos, Agenor Garcia e o presidente da ABESCO, Alexandre Moana.

Para mais informações, acesse o site www.cobee.com.br.

Serviço
13º Congresso Brasileiro de Eficiência Energética (COBEE) e ExpoEficiência
Data: 30 e 31 de agosto de 2016
Horário: 8h30 às 18h30

Local: Centro de Convenções Frei Caneca – São Paulo

Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – Consolação, São Paulo/SP

Inscrições: www.cobee.com.br ou pelo telefone (11) 3549-4525

Painel “Mecanismos de Certificação e Processos de Gestão Energética

Sala 1

Data: 31/08

Horário:11h às 12h50

COMPARTILHAR