MIT cria dispositivo vestível que consegue “ouvir” as palavras ditas em sua cabeça

Milhares de pensamentos rondam nossa cabeça diariamente. Já pensou em ouvi-los? Com o AlterEgo, dispositvo vestível desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), isso já é possível.

headset com aspecto de prótese é capaz de identificar e traduzir a subvocalização, palavras verbalizadas internamente, utilizando eletrodos ao redor da mandíbula e do queixo do usuário. Com o auxílio da inteligência artificial, os pesquisadores do MIT conseguiriam identificar padrões nas ondas cerebrais e nas expressões faciais das pessoas.

Dessa forma, o AlterEgo foi programado para captar sinais neuromusculares e reagir a comandos simples como mover cursores, selecionar opções ou compreender ordens a partir de palavras pensadas. Com o propósito de ser uma interface aparentemente silenciosa, as respostas são enviadas a um alto-falante de condução óssea que toca próximo ao ouvido, mas não há necessidade de usar um fone para isolar o som exterior.

Em fase de testes, o dispositivo foi experimentado por 10 pessoas durante 15 minutos e obteve 92% de precisão ao traduzir pensamentos. O MIT, entretanto, ainda não divulgou quando o AlterEgo será comercializado pois está coletando dados para aprimorar o reconhecimento e adicionar mais palavras a serem interpretadas.

COMPARTILHAR