Novo Comitê Assessor Externo é instalado na Embrapa Semiárido

Em reunião realizada no dia 8 de dezembro, a partir das 8h, na sede da Embrapa Semiárido, será apresentada e instalada a nova composição do Comitê Assessor Externo (CAE) deste centro de pesquisa. O órgão consultivo é formado por representantes das cadeias produtivas e de segmentos estratégicos da iniciativa privada, de instituições de ensino, organizações estaduais de pesquisa e extensão rural e entidades representativas da sociedade civil.

O Comitê foi criado em todos os centros de pesquisa da Embrapa, com a finalidade de promover a interlocução entre a instituição e seu ambiente externo, apresentando e debatendo problemas, soluções, desafios, tendências e oportunidades relacionadas ao universo de atuação da empresa. Entre suas atribuições está a captação de demandas dos segmentos agrícolas, em particular, e da sociedade, em geral, e o monitoramento do ambiente, especialmente quanto à análise de tendências nos cenários de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) que sejam relevantes ao planejamento e à programação de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

A reunião de instalação do CAE, que acontece durante a manhã, se dará em forma de audiência, sendo aberta à participação dos empregados e de representantes de instituições parcerias e do setor produtivo. “A proposta desse formato é não apenas mostrar os resultados dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos na Unidade, mas também ouvir as demandas dos mais diversos segmentos representativos da sociedade”, afirma o secretário-executivo do Comitê e Chefe-Geral da Embrapa Semiárido, Pedro Carlos Gama da Silva.

Na ocasião, o presidente do CAE e Diretor Executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa, Waldyr Stumpf Júnior, irá contextualizar aos participantes o modelo de gestão da empresa e o potencial de contribuição do Comitê. O Chefe-Geral da Embrapa Semiárido também fará uma apresentação da Agenda de Prioridades da Unidade, englobando as áreas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, Transferência de Tecnologia e Gestão Institucional. Encerrando a programação da manhã, que também terá a apresentação pública dos membros do CAE, o espaço estará aberto para as discussões.

Pela tarde, após uma visita às instalações da empresa, os membros do CAE se reúnem em sessão fechada, em que irão apresentar os desafios e tendências do setor produtivo, de forma a contribuir com a programação de PD&I da Embrapa Semiárido. As demandas levantadas serão qualificadas e priorizadas, concluindo a reunião com uma proposta de encaminhamentos.

No dia 9, o Diretor Waldyr Stumpf Júnior e as chefias da Unidade participam de uma reunião interna para fechamento do que foi apresentado, destacando os principais pontos e demandas priorizadas com os membros do CAE, e definindo estratégias para tomada de decisão das medidas apontadas durante a reunião do CAE.

Nova composição do CAE (2016 – 2019)

Presidente

– Waldyr Stumpf Júnior , Diretor Executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa

Secretário-executivo

– Pedro Carlos Gama da Silva, Chefe-Geral da Embrapa Semiárido

Membros indicados

– Antônio Rocha Magalhães, Consultor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE)

– Fernando Castilhos de Araújo Galindo Félix , Gerente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de Pernambuco

– Ivan Pinto da Costa, Presidente do Instituto da Fruta do Vale do São Francisco – BA

– Lúcia Carvalho Pinto de Melo, Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco

– Marco Aurélio Delmondes Bomfim, Chefe-Geral da Embrapa Caprinos e Ovinos

– Mário Antônio Pereira Borba, Presidente do Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR)

– Naidison de Quintella Baasptista, Coordenador da Articulação para o Semiárido (ASA), Técnico I do Movimento de Organização Comunitária (MOC), de Feira de Santana – BA e Presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia

– Paulo do Carmo Martins, Chefe-Geral da Embrapa Gado de Leite

Em reunião realizada no dia 8 de dezembro, a partir das 8h, na sede da Embrapa Semiárido, será apresentada e instalada a nova composição do Comitê Assessor Externo (CAE) deste centro de pesquisa. O órgão consultivo é formado por representantes das cadeias produtivas e de segmentos estratégicos da iniciativa privada, de instituições de ensino, organizações estaduais de pesquisa e extensão rural e entidades representativas da sociedade civil.

O Comitê foi criado em todos os centros de pesquisa da Embrapa, com a finalidade de promover a interlocução entre a instituição e seu ambiente externo, apresentando e debatendo problemas, soluções, desafios, tendências e oportunidades relacionadas ao universo de atuação da empresa. Entre suas atribuições está a captação de demandas dos segmentos agrícolas, em particular, e da sociedade, em geral, e o monitoramento do ambiente, especialmente quanto à análise de tendências nos cenários de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) que sejam relevantes ao planejamento e à programação de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

A reunião de instalação do CAE, que acontece durante a manhã, se dará em forma de audiência, sendo aberta à participação dos empregados e de representantes de instituições parcerias e do setor produtivo. “A proposta desse formato é não apenas mostrar os resultados dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos na Unidade, mas também ouvir as demandas dos mais diversos segmentos representativos da sociedade”, afirma o secretário-executivo do Comitê e Chefe-Geral da Embrapa Semiárido, Pedro Carlos Gama da Silva.

Na ocasião, o presidente do CAE e Diretor Executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa, Waldyr Stumpf Júnior, irá contextualizar aos participantes o modelo de gestão da empresa e o potencial de contribuição do Comitê. O Chefe-Geral da Embrapa Semiárido também fará uma apresentação da Agenda de Prioridades da Unidade, englobando as áreas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, Transferência de Tecnologia e Gestão Institucional. Encerrando a programação da manhã, que também terá a apresentação pública dos membros do CAE, o espaço estará aberto para as discussões.

Pela tarde, após uma visita às instalações da empresa, os membros do CAE se reúnem em sessão fechada, em que irão apresentar os desafios e tendências do setor produtivo, de forma a contribuir com a programação de PD&I da Embrapa Semiárido. As demandas levantadas serão qualificadas e priorizadas, concluindo a reunião com uma proposta de encaminhamentos.

No dia 9, o Diretor Waldyr Stumpf Júnior e as chefias da Unidade participam de uma reunião interna para fechamento do que foi apresentado, destacando os principais pontos e demandas priorizadas com os membros do CAE, e definindo estratégias para tomada de decisão das medidas apontadas durante a reunião do CAE.

Nova composição do CAE (2016 – 2019)

Presidente

– Waldyr Stumpf Júnior , Diretor Executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa

Secretário-executivo

– Pedro Carlos Gama da Silva, Chefe-Geral da Embrapa Semiárido

Membros indicados

– Antônio Rocha Magalhães, Consultor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE)

– Fernando Castilhos de Araújo Galindo Félix , Gerente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de Pernambuco

– Ivan Pinto da Costa, Presidente do Instituto da Fruta do Vale do São Francisco – BA

– Lúcia Carvalho Pinto de Melo, Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco

– Marco Aurélio Delmondes Bomfim, Chefe-Geral da Embrapa Caprinos e Ovinos

– Mário Antônio Pereira Borba, Presidente do Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR)

– Naidison de Quintella Baasptista, Coordenador da Articulação para o Semiárido (ASA), Técnico I do Movimento de Organização Comunitária (MOC), de Feira de Santana – BA e Presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia

– Paulo do Carmo Martins, Chefe-Geral da Embrapa Gado de Leite

Embrapa – Últimas notícias