RN terá mais de 2 mil homicídios pela primeira vez, projeta ONG

Setecentas vidas ceifadas em 2017. O número de homicídios já registrados no Rio Grande do Norte indica que o Estado viverá o ano mais violento da sua história.

Nunca antes tantos homicídios foram registrados nos primeiros meses dos anos. De 1º de janeiro a 13 de abril dos anos anteriores, as estatísticas foram as crescentes, conforme o Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte:

Em 2015, eram 481 o número de mortes. No ano seguinte, a estatística foi a 539, chegando a 700 agora.

O Obvio projeta que, nesse ritmo, pela primeira vez na história, o Rio Grande do Norte vai romper a barreira dos dois mil homicídios em 2017, marca nunca alcançada.

Ao longo de 2016, o Estado quase rompeu a projeção desenhada para esse ano, quando registrou mais de 1.900 homicídios. É 2017, no entanto, que já vem rompendo todos os recordes quando o assunto é criminalidade.

Portal no AR