SENAR Amazonas realiza o lançamento estadual do Programa ATeG

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional do Amazonas (SENAR-AM) deu início, nesta segunda-feira (11), à primeira ação do programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) no Estado. Para compor a primeira turma, 25 produtores rurais da área de fruticultura do município de Manacapuru foram selecionados previamente para participar. A solenidade de assinatura dos termos de adesão para efetivação da primeira turma foi realizada no Sítio Silveira, no quilômetro 59 da estrada Manuel Urbano (AM-070).

Para o presidente do SENAR-AM, Muni Lourenço, esta é uma nova etapa nos 25 anos de atuação do SENAR-AM. “Até então o foco eram ações voltadas para  treinamento e capacitação profissional. A partir de agora o SENAR-AM atende também uma outra linha de atuação que é a ATEG, com início hoje no estado do Amazonas”, explicou.

De acordo com ele, o SENAR-AM garante, por meio do programa, um técnico de campo especializado em agronomia que fará visitas periódicas gratuitas às propriedades selecionadas, tirando dúvidas, orientando e dando sugestões. “O nosso objetivo é que, ao final do programa, esses 25 produtores tenham melhorado sua condição de renda e de vida”, apostou Lourenço.

Além do assessoramento técnico, Lourenço chama a atenção para o aspecto da assessoria gerencial que o programa oferece.   “Também haverá um acompanhamento técnico de gestão, acompanhamento de despesas, cálculos de custo de produção, compras de insumos, entre outros.  A propriedade rural precisa ser administrada como uma empresa para gerar lucro e qualidade de vida”, ressaltou.

Para Eliana Medeiro, uma das produtoras selecionadas, participar do programa é uma grande oportunidade de crescimento. “É uma oportunidade única de termos em nossa propriedade, um profissional especializado. Esse conhecimento é essencial para evoluirmos”, acrescentou.

ATeG

Modelo inédito de prestação de serviços de assistência técnica continuada, fundamentada em 5 passos: Diagnóstico Produtivo Individualizado, Planejamento Estratégico, Adequação Tecnológica, Capacitação Profissional Complementar e Avaliação Sistemática de Resultados. Desenvolvidos com foco na implantação de um modelo de operação e gestão das propriedades rurais, englobando todos os processos da cadeia produtiva, possibilitando a realização de ações efetivas, nas áreas econômica, social e ambiental, e nos processos de gestão de negócio, visando proporcionar a sua evolução socioeconômica da família e da comunidade.