XVII PRÊMIO ARTE NA ESCOLA CIDADÃ RECONHECE PROJETOS EM SALA DE AULA DE TODO O BRASIL

Única premiação voltada exclusivamente para professores de arte no País tem documentários produzidos pela Oficina

educacao-fundamental-i-2A Oficina, produtora especializada em projetos audiovisuais para branded content,
entretenimento e outros formatos, assina os documentários que apresentam os cinco professores vencedores do XVII Prêmio Arte na Escola Cidadã. Este ano, o evento para laurear os ganhadores será realizado no dia 09 de novembro às 19 horas, no Teatro Anchieta do SESC Consolação, em São Paulo.

Criado pelo Instituto Arte na Escola, este é o único prêmio de arte na educação que reconhece, valoriza e divulga práticas pedagógicas inovadoras na área de Artes no Brasil. Em 2016, o projeto – que acontece desde o ano 2000 – recebeu 807 candidatos de várias regiões do país. 25 finalistas concorrem em cinco categorias: Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A avaliação dos projetos é feita por professores universitários da área de artes e por especialistas em Artes Visuais, Música, Dança, Teatro e Cidadania. Já a realização dos documentários é de responsabilidade da produtora Oficina, que nos últimos sete anos vem acompanhando o Instituto Arte na Escola por diferentes Estados do Brasil. “Nosso desafio está em absorver a essência de cada projeto vencedor e reconstruí-los com muito equilíbrio entre a didática e a poesia. Tem sido um orgulho fazer parte desta etapa da educação no Brasil. Essa iniciativa do Instituto é realmente inspiradora.”, explica Cassiano Zuppo, diretor de produção do Prêmio Arte na Escola e sócio da Oficina.

Este prêmio agrega importância e destaca a seriedade da arte para a formação de um indivíduo. Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o teatro, as artes visuais, a música e a dança são incorporados ao currículo do ensino básico brasileiro pelo resultado que esta modalidade agrega aos alunos. Em suas 16 edições anteriores, o Prêmio Arte na Escola Cidadã laureou mais de 76 professores e escolas. Para a sua viabilização, o projeto conta com patrocínios do Bradesco e da Fundação Iochpe, instituições que fomentam a contribuição e a valorização dos profissionais que se diferenciam em sala de aula.

Ficha Técnica

Título: Prêmio Arte na Escola Cidadã (PAEC)

Cliente: Instituto Arte na Escola

Produtora: Oficina

Direção de Cena: Lara Silbiger

Fotografia: Rodrigo Ribeiro

Atendimento/produtora: Cassiano Zuppo/ Juliana Millan

Pós-produção: Gabriel Rosa, Fernanda Cristiane e Edgar Yamada

Aprovação do cliente: Clariassa Suzuki

SOBRE O INSTITUTO ARTE NA ESCOLA

O Instituto Arte na Escola, que tem a Fundação Iochpe como principal mantenedora, é uma associação civil sem fins lucrativos que incentiva e qualifica o ensino da Arte por meio da formação continuada de professores da Educação Básica em todo o Brasil. As ações de formação são oferecidas pelos 47 Polos em universidades e instituições de ensino conveniadas em 22 Estados, formando a Rede Arte na Escola. Outras duas frentes de atuação do Instituto são a oferta de materiais educativos gratuitos e o reconhecimento por meio do Prêmio Arte na Escola Cidadã.

SOBRE A OFICINA PRODUÇÕES

Criada há 15 anos pelos sócios Nelson Enohata e Cassiano Zuppo, a Oficina Produções faz conteúdo audiovisual para canais de TV, agências e corporações de diferentes segmentos de todo o Brasil, sendo uma das empresas pioneiras em branded content. A Oficina, sediada na Vila Madalena em São Paulo, prima pela criatividade, atendimento, responsabilidade e bom humor durante todo o processo de produção. Seu portfólio inclui produções para clientes como Banco Santander, Pernambucanas, Canais Fox, Globosat, Turner, Discovery, Fundação Iochpe e Claro HDTV, entre outros.

COMPARTILHAR