4ª Corrida França-Brasil contou com participação de 900 corredores

A premiação aconteceu logo após a corrida, com distribuição de medalha a todos os participantes que atravessaram a linha de chegada. Aos três primeiros colocados das modalidades 5 km e 10 km foram entregues troféus e premiações em dinheiro, de até R$ 1000. “O esporte faz parte da minha vida e de outros atletas que procuram divulgar o atletismo como um meio de vida saudável. Além de atleta, sou carpinteiro e pedreiro para suprir a falta de um incentivo que respeite o nosso valor: somos pouco valorizados. Por isso, eu agradeço primeiramente a Deus e aos patrocinadores desta corrida por todo o apoio e pela premiação que muito ajuda e nos reconhece como atletas”, comemorou o brasileiro Veniciu Barbosa, 43 anos, campeão da prova de 10 km. A francesa Sabrina Ghandour Tayeb, 42 anos, foi a vencedora também dos 10 km. Já o francês Jean-Wilson Sterlin, 37 anos, e a francesa Clarisse Hoarau, 34 anos, levaram os primeiros lugares dos 5 km.

De acordo com delegado Charles Corrêa, idealizador e organizador do evento, a corrida França-Brasil nasceu da integração entre as forças de segurança pública na fronteira das duas nações, que se estendeu para a população do Amapá e Guiana Francesa. “Estamos muito orgulhosos por fazermos parte de um evento tão importante como a Corrida França-Brasil. A Voltalia tem o esporte como um de seus pilares no incentivo ao desenvolvimento dos locais onde atua, abrindo novas possibilidades e fazendo a diferença para as comunidades. Poder contribuir com a realização deste evento reforça a importância da nossa missão de melhorar o ambiente global, promovendo o desenvolvimento local”, afirmou Márcia Domenech, gerente de Marketing e Comunicação da Voltalia. Além do patrocínio, a empresa participou literalmente do evento, já que os colaboradores da Voltalia Guiana e Brasil correram juntos e com excelentes resultados.