Árvore de Natal de trinta metros de altura é instalada no Complexo da Ponta Negra

A instalação da árvore de Natal aconteceu em clima de festa, com direito à fanfarra, desfile no calçadão e apresentação dos artistas do Parque Cidade da Criança

Uma árvore de Natal de trinta metros de altura foi instalada nesse sábado (1°), no Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, para dar as boas-vindas oficiais ao Natal na capital.

A árvore da Ponta Negra é a terceira de quatro grandes árvores que a Prefeitura de Manaus, a partir do ‘Natal do Abraço, campanha organizada pelo Fundo Manaus Solidária, entregará à população de Manaus, fazendo a cidade entrar, definitivamente, no reino do Papai Noel e no clima de celebração pelo nascimento de Jesus.

A instalação da árvore de Natal aconteceu em clima de festa, com direito à fanfarra, desfile no calçadão e apresentação dos artistas do Parque Cidade da Criança no palco montado para o evento. Para entrar definitivamente no clima natalino, o Papai Noel chegou desfilando no carro do Corpo de Bombeiros, para a alegria da garotada.

Centenas de famílias acompanharam as atividades, já em clima de Natal. Gláucia Cantai e a filha Lauren passeavam na Ponta Negra e se surpreenderam com a movimentação em torno da árvore de Natal. “Nossa, eu gostei muito. A prefeitura está de parabéns, está bem gostoso e a gente já entra no clima de Natal aqui”, disse Gláucia. “A árvore está linda, enorme”, completou. “Eu achei muito bonita a árvore”, concordou Lauren.

Produção da árvore

Pelo sexto ano consecutivo, a árvore da Ponta Negra foi idealizada pelo artista parintinense Juarez Lima e realizada por um grupo de 100 trabalhadores. “É uma felicidade, um tema forte. O Natal do Abraço vai contagiar as pessoas. Essa árvore tem essa missão, despertar esses sentimentos e nós só temos a agradecer ao prefeito por confiar no nosso trabalho”, afirmou Juarez.

As luzes foram acesas pelo secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto, e seus convidados, entre eles, crianças que participavam do evento e subiram ao palco para disparar os botões que acenderam as luzes natalinas.

“Esse momento nos convida a olharmos para o nosso próximo com mais amor, com mais carinho. Muitas vezes a gente está no trânsito e se irrita, sem pensar que do outro lado também está um ser humano, com muitos problemas como nós”, refletiu Arthur Bisneto.

COMPARTILHAR