Edital vai apoiar intercâmbio acadêmico entre São Paulo e Alemanha

A FAPESP lançou em parceria com o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) uma chamada para fomentar atividades de intercâmbio entre pesquisadores do Estado de São Paulo e da Alemanha em todas as áreas do conhecimento.

As instituições receberão até o dia 30 de junho propostas concebidas conjuntamente entre um líder de projeto na Alemanha e um pesquisador responsável ou principal por um auxílio à pesquisa vigente na FAPESP.

Pesquisadores principais, responsáveis ou associados são elegíveis para as atividades de intercâmbio tanto do lado alemão como do paulista, bem como membros da equipe auxílio vigente em início de carreira – o que inclui bolsistas de pós-doutorado, doutorado ou doutorado direto.

Na proposta, os pleiteantes devem descrever as atividades de intercâmbio previstas, indicando como contribuirão para o projeto de pesquisa vigente na instituição parceira.

Além disso, a proposta deve explicar como o intercâmbio poderá subsidiar a preparação de um projeto de pesquisa conjunto a ser submetido pelas duas partes às suas respectivas agências de fomento, criando condições para uma colaboração de médio a longo prazo entre os projetos de pesquisa paulista e alemão.

Após selecionar as propostas vencedoras, FAPESP e DAAD aportarão, cada uma, um valor anual máximo de € 16 mil por projeto, financiando as equipes de seus respectivos países. Os projetos podem ter duração máxima de dois anos e deverão utilizar os recursos em atividades como intercâmbio de pesquisadores, visitas para planejamento de pesquisa, workshops internacionais e atividades iniciais de coleta de dados.

Submissões devem ser feitas exclusivamente pelo Sistema de Apoio à Gestão (SAGe). O pesquisador da Alemanha, ao mesmo tempo em que deve enviar a proposta dentro do mesmo prazo pelos canais da DAAD, precisa efetuar cadastro no SAGe para que esteja incluído na proposta como membro da equipe.

A chamada de proposta está disponível em: fapesp.br/15461/.