Fundação Guamá abre edital para seleção de cantina

A Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, entidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, responsável pela gestão do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, abriu processo de seleção destinado a empresas interessadas em  se instalar no parque científico e tecnológico, com o objetivo de fornecer bebidas e alimentos de pronto consumo aos residentes e visitantes do Parque de Ciência e Tecnologia. Cerca de 1.100 pessoas circulam diariamente nos diferentes empreendimentos instalados. A íntegra do edital de seleção está disponível no site www.pctguama.org.br

A empresa selecionada ocupará área de 8m², na sala de convivência do prédio Espaço Empreendedor. Serão disponibilizados um ponto de água, um ponto de esgoto para estruturação de uma pia, pontos de energia com voltagem de 110v e 220v, internet e acesso das 7h às 19h.

Os interessados em participar do edital deverão atender as seguintes condições: ser pessoa jurídica; estar em funcionamento há no mínimo um ano; apresentar os documentos requeridos no edital. Atendidas todas as condições, será selecionada a empresa que apresentar a proposta de maior valor mensal para utilização do espaço especificado, devendo todas as propostas atender o valor mínimo de R$ 300 mensais.

As propostas, juntamente com as documentações necessárias, devem ser apresentadas até às 17h do dia 15/02/2019. A íntegra do edital está disponível no site www.pctguama.org.br

Sobre o PCT Guamá – Resultante da parceria entre as Universidades Federal do Pará (UFPA) e Federal Rural da Amazônia (UFRA) e o Governo do Pará, o PCT Guamá foi o primeiro e permanece como único parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia.

Ele tem como principal objetivo o de estimular a pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos.

Com uma área de 72 mil metros quadrados, reúne atualmente 14 centros e laboratórios tecnológicos, 22 empresas, 23 startups, instituições de pesquisa e grupos residentes, todos ligados às áreas estratégicas de atuação, que são Biotecnologia; Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC); Energia; Tecnologia Ambiental e Tecnologia Mineral.

Situado entre a UFPA e a UFRA, apresenta espaços voltados para a instalação de pequenos e médios empreendimentos de base tecnológica, laboratórios e centros de pesquisa e desenvolvimento, assim como de empreendimentos nascentes (startups) e temporários.

A Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, por sua vez, foi qualificada para realizar a gestão administrativa, financeira, física e ambiental do PCT Guamá. Desde 2009 a Fundação é mantida pelo Governo do Estado, por meio de contrato com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica – Sectet.

Por Juliane Frazão