Obra destrincha os rumos do direito ambiental

Professores participantes de grupos de pesquisa nacionais e estrangeiros se reuniram para compartilhar estudos de várias áreas do conhecimento sobre o direito ambiental no livro Novos rumos do direito ambiental: Um olhar para a geodiversidade (Editora Unicamp, 2021).

O livro foi organizado por Luciana Cordeiro de Souza-Fernandes, professora da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Alexandra Aragão, professora da Universidade de Coimbra (Portugal), e Artur Abreu Sá, professor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal).

A obra é composta por 24 capítulos, que tratam sobre tópicos como a proteção jurídica da geodiversidade, antropomorfismo no Brasil, geoética, herança geológica, código florestal, análise da legislação ambiental para as áreas protegidas, Geoparque Unesco, economia verde e circular no meio urbano, regime jurídico dos geoparques em Portugal, turismo sustentável e gestão de águas, entre outros.

Em entrevista à Agência FAPESP, Souza-Fernandes destaca que a obra recebeu apoio da Fundação por meio de dois projetos: “O Sistema Aquífero Guarani, geossítios e o patrimônio cultural presentes na Bacia do Rio Corumbataí como fatores indutores para criação de um geopark global da UNESCO visando conservação ambiental e desenvolvimento socioeconômico regional” e “A efetivação da legislação de águas subterrâneas do Estado de Paulo para a proteção das áreas de afloramento do Aquífero Guarani no município de Araraquara-SP”.

O intuito é oferecer ao leitor diversas visões sobre o tema ambiental unindo o direito às ciências da Terra.

O livro tem 560 páginas e pode ser comprado pelo site da Editora Unicamp.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui