Prêmio Municípios Mineradores vai reconhecer a qualidade dos serviços públicos municipais

O Prêmio Municípios Mineradores 2022, organizado pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) e Agenda Pública, com idealização e apoio do Ministério de Minas e Energia (MME), reconhecerá o desempenho efetivo da gestão municipal na oferta de serviços públicos e seu impacto direto para a população que vive nos municípios com mineração.

São 24 práticas finalistas, avaliadas pela Agenda Pública, a partir de um banco de dados com 40 indicadores. Foram comparados os desempenhos de 200 municípios com maior presença da mineração em todo o Brasil. As finalistas também são validadas pelo comitê de seleção, formado por especialistas em políticas públicas, para chegar às 8 premiações, uma para cada categoria de política pública. O objetivo central do projeto é reconhecer ações de gestão em categorias que evidenciem bom desempenho, qualidade dos serviços públicos e bem-estar da população.

Na edição de 2022 o prêmio irá avaliar a qualidade dos serviços prestados pelos municípios e premiá-los nas categorias Saúde; Educação; Proteção Social; Infraestrutura; Meio Ambiente; Gestão; Finanças Públicas; e Desenvolvimento Econômico.

Brumadinho (MG), Itabira (MG), Alto Horizonte (GO) e Canaã dos Carajás (PA) são algumas das cidades participantes (confira a lista completa, abaixo).

“A mineração exerce um papel de agente socioeconômico influente no desenvolvimento territorial dos municípios e de suas respectivas regiões. Estimula negócios em várias cadeias produtivas, com geração de empregos, renda e tributos. Promove, portanto, meios para a condução de políticas públicas de desenvolvimento. Visando a plena sustentabilidade do território minerado, incentivamos a implementação de programas de diversificação econômica como ferramenta de apoio para o durante e o pós-mineração”, ressalta o diretor-presidente do IBRAM, Raul Jungmann.

“As boas práticas de governança são fundamentais para garantir a qualidade do serviço público oferecido à população pelas prefeituras. O prêmio é um marco histórico para o setor de mineração, demonstrando seu compromisso e apoio ao fortalecimento da gestão municipal e ao desenvolvimento dos territórios em que a mineração é realizada”, comenta o cientista político Sergio Andrade, diretor-executivo da Agenda Pública.

Confira a lista completa dos municípios finalistas em cada categoria do Prêmio Municípios Mineradores 2022, segundo seu desempenho:

Saúde
Alto Horizonte (GO)
Canaã dos Carajás (PA)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Educação
Alto Horizonte (GO)
Barro Alto (GO)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Finanças Públicas
Brumadinho (MG)
Itatiaiuçu (MG)
Ouvidor (GO)

Infraestrutura
Canaã dos Carajás (PA)
Ouvidor (GO)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Desenvolvimento Econômico
Canaã dos Carajás (PA)
Catas Altas (MG)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Meio Ambiente
Conceição do Mato Dentro (MG)
Itatiaiuçu (MG)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Proteção Social
Alto Horizonte (GO)
Ouvidor (GO)
São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

Gestão
Itabira (MG)
Paracatu (MG)
Santa Bárbara (MG)

Realização

IBRAM
O Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) atua diretamente na valorização das empresas e instituições do setor mineral. Também contribui com fomento a inovações e difusão das melhores práticas ESG e tecnologias disponíveis no mercado; promove debates, eventos, negócios, estudos, pesquisas e estatísticas relacionados à economia mineral.

Agenda Pública
A Agenda Pública é uma organização especializada em aprimoramento de serviços públicos, ampliando capacidades, oportunidades e bem-estar para o desenvolvimento sustentável e inclusivo. Tornar os serviços públicos brasileiros mais inteligentes (com base em dados e evidências), simples (mais ágeis e com baixo custo) e humanos (com foco nos problemas dos cidadãos, além de propor soluções para grandes problemas públicos brasileiros).

Idealização

MME
O Ministério de Minas e Energia (MME) foi criado em 1960. O MME tem como missão institucional formular e assegurar a execução de Políticas Públicas para a gestão sustentável dos recursos energéticos e minerais, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico do País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui