Publicação questiona visão positivista da robótica e da inteligência artificial

A fim de se contrapor aos bestsellers que afirmam ser as tecnologias robóticas e de inteligência artificial (IA) candidatas a suplantar as capacidades humanas em atividades de natureza intelectual não rotineiras, Daniel Albiero, professor da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), propõe uma análise crítica a essa visão tecnológica positivista em seu livro Robots and AI: Illusions and Social Dilemmas: Cartesian Illusions and Social Unsettling Questions (Editora Springer-Nature, 2022).

“O núcleo principal do livro se antepõe às contradições das teses tecnológicas-positivistas frente a uma visão de mundo sistemática e baseada na Teoria do Caos. Foi adotada uma revisão narrativa da literatura, com uma discussão ecossistêmica dentro do método dialético de argumentação. Devido ao aspecto eminentemente filosófico do texto, nem tudo precisa ou mesmo pode ser quantificado e medido como em um experimento físico, mas uma estrutura de pesquisa baseada no método científico foi utilizada”, conta Albiero à Agência FAPESP.

A obra foi custeada em parte com os recursos de um projeto financiado pela FAPESP e coordenado por Albiero. O pesquisador é membro do Brazilian Institute of Data Science (BI0S), um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) constituído por FAPESP e IBM na Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC-Unicamp).

Segundo Albiero, a publicação conta com uma introdução que lista as premissas conceituais e localiza o assunto no contexto contemporâneo. Logo em seguida, a interface entre a Teoria do Caos e os desenvolvimentos em robótica e IA é explicitada e entrelaçada de forma a demonstrar o “quão enganosa e perniciosa é a visão tecno-positivista-cartesiana que prega a substituição do ser humano em atividades não repetitivas e intelectuais”.

O texto também aborda as mudanças que a humanidade sofrerá e já está sofrendo em função da atuação cada vez mais intensa da robótica e da IA no dia a dia. “Mudanças que chegam como um tsunami nas atividades profissionais humanas. E que vão destruir a ‘praia’ e completamente remodelar a ‘costa’ de nossa sociedade. Esse fato não significa que as profissões serão extintas, mas sim remodeladas. Neste contexto, defendo três dos principais profissionais de nossa civilização atual: médicos, advogados e professores”, pontua.

O e-book tem 90 páginas e pode ser comprado por US$ 59,99 no site da editora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui