Pós-doutorado em Parasitologia com bolsa da FAPESP

Uma vaga de pós-doutorado com bolsa da FAPESP está disponível pelo Projeto Temático “Trypanosoma cruzi: variabilidade genômica intra- e interespecífica e mecanismos de invasão/evasão celular”, coordenado pelo professor Renato Arruda Mortara, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O prazo de inscrição termina em 28 de fevereiro de 2019.

No projeto, o pós-doutorando estudará o polimorfismo cromossômico e a ploidia (número de conjuntos cromossômicos em uma célula) em Trypanosoma cruzi e o seu papel na resposta adaptativa do parasita à pressão ambiental. Serão examinados os efeitos do estresse sobre a organização cromossômica e ploidia, que possam contribuir para a diversidade genética do T. cruzi.

O bolsista de pós-doutorado deve ter experiência em trabalhar com o Trypanosoma cruzi na área relacionada ao projeto. É importante ter experiência em técnicas de biologia molecular/bioquímica e no screening fenotípico usando modelos in vivo.

Os candidatos à bolsa devem enviar por e-mail para o professor José Franco da Silveira Filho (jose.franco@unifesp.br), anexando carta de interesse, curriculum vitae atualizado e nomes e e-mails de pesquisadores (pelo menos dois) que possam fornecer referências.

Mais informações sobre a vaga: www.fapesp.br/oportunidades/2621.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.