Dois mil artesãos são beneficiados com apoio técnico e capacitações em 2023

Com o objetivo de fortalecer o empreendedorismo e a economia solidária, o Governo do Pará desenvolveu, ao longo do ano, diversas ações por meio da secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda, que encerra o ano de 2023 com saldos positivos.

Com o intuito de assessorar e prestar capacitação a empreendedores e microempreendedores paraenses, a Secretaria realiza uma série de palestras e oficinas com noções básicas sobre precificação, atendimento ao cliente, gestão de negócios e vitrinismo. Ao longo de 2023, foram promovidas 920 oficinas.

Para oportunizar a comercialização de produtos artesanais, a Seaster incentivou e apoiou a participação de artesãos em seis feiras de artesanato regionais e três feiras nacionais, além de emitir e entregar 1.070  carteiras do artesão para profissionais do segmento. Cerca de 3 mil artesãos foram atendidos pela Secretaria.

“As ações desenvolvidas pela Seaster voltadas ao artesão são algo novo na minha vida. Participar das feiras me trouxe novos conhecimentos. Aprendi como comercializar os produtos artesanais e como divulgar o meu trabalho. Com a oportunidade de participar de uma feira nacional em Brasília ganhei novos horizontes. Quando se participa de um evento grande como esse, o nosso trabalho ganha novos olhares. É tudo muito válido”, comenta com entusiasmo o artesão do município de Curralinho, Valdir Borges.

“Sinto-me agraciado em poder ser atendido pelo Governo do Estado participando de feiras de artesanato. Os intercâmbios que temos feito com outros empreendedores, fazem com que nosso produtos sejam valorizados e levem um pouco da cultura do nosso Pará. O apoio que tivemos da secretaria neste ano foi de grande valia, fica aqui o nosso agradecimento”, comentou Alexandre Alfaia, que é artesão no Distrito de Icoaraci.

No Pará, a Seaster avalia, monitora, assessora e fornece apoio técnico a artesãos e empreendedores paraenses. De acordo com Daniel Santos, diretor de Qualificação Profissional, Empreendedorismo e Economia Solidária da Seaster, o governo do Pará desenvolve ações e atende um número expressivo de municípios paraenses, até mesmo das regiões mais distantes. “Desenvolvemos várias ações entre cursos, oficinas, palestras e cadastros, todas voltadas para incentivar e qualificar o empreendedorismo e artesanato paraense. Este ano de 2023 conseguimos atender 11 regiões, incluindo Baixo amazonas e Xingu”.

Edição Atual

Noticias Relacinadas