É Instalada Fábrica de Chocolates Finos no Coração da Amazônia

 

A Amazônia está embarcando em uma nova jornada, a produção de chocolates finos. O objetivo é estabelecer uma biofábrica para capacitar a população local e explorar a viabilidade de um novo modelo de negócios na região. O laboratório de produção de chocolates finos está estrategicamente localizado no coração da Amazônia, em uma pequena comunidade extrativista, cercado pela floresta.

O projeto é uma iniciativa do Instituto Amazônia 4.0, que está capacitando algumas comunidades tradicionais para a produção de derivados do cacau e do cupuaçu de maneira sustentável.

A iniciativa tem como principal objetivo promover a cultura de preservação florestal, permitindo que essas comunidades melhorem sua qualidade de vida através da produção de produtos com alto valor agregado.

A fábrica iniciou suas operações em outubro, na reserva extrativista Tapajós Arapiuns. O projeto tem planos de expansão para o próximo ano, com destinos como o assentamento de reforma agrária dos anos 80 PA Moju 2, a comunidade quilombola Moju-miri e a comunidade ribeirinha de Acará-açu, as duas últimas próximas a Belém, no Pará.

Dessa forma, o projeto pretende testar o laboratório de chocolate em três tipos de comunidades amazônicas típicas: quilombolas, ribeirinhos e moradores de reservas extrativistas.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas