Macron concede a cacique Raoni a mais alta honraria da França

Em Belém, o presidente francês Emmanuel Macron concederá ao líder indígena da etnia Kayapó, cacique Raoni Metuktire, a Ordem Nacional da Legião de Honra, a mais alta honraria da França. Essa condecoração é reservada para cidadãos franceses e estrangeiros que se destacam por suas atividades globais.

Raoni Metuktire, com seus 92 anos, dedicou sua vida à defesa da Amazônia e dos povos da floresta, ganhando reconhecimento internacional. Nascido na aldeia Kraimopry-yaka, o cacique viajou pelo mundo em busca de paz e manteve diálogo com personalidades como o Papa Francisco e o rei britânico Charles III.

Macron, em sua primeira visita oficial ao Brasil, desembarca hoje em Belém (PA), onde será recebido pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Durante os próximos dias, eles cumprirão uma extensa agenda bilateral abordando temas como meio ambiente, defesa e reforma de organismos multilaterais. Além do Pará, Macron também visitará Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

Na capital paraense, os presidentes acompanharão a produção artesanal e sustentável de cacau em uma região de floresta. Além disso, terão um encontro com representantes indígenas, momento em que Macron concederá a honraria ao cacique Raoni.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas