Reforma tributária brasileira recebe elogios da Secretária do Tesouro dos EUA

 

Janet Yellen, a Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, expressou na terça-feira (27) sua aprovação à reforma tributária brasileira, aprovada pelo Congresso Nacional no final do ano passado, prevendo que ela atrairá investimentos estrangeiros para o Brasil.

Yellen elogiou o Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, por implementar uma reforma tributária considerada histórica. Segundo ela, a reforma facilitará a realização de negócios no Brasil, inclusive para empresas americanas interessadas em investir no país.

Yellen fez essas declarações durante um evento da Câmara Americana de Comércio para o Brasil (Amcham), que ocorreu paralelamente à reunião do G20 em São Paulo.

Ela acredita que a simplificação do sistema de tributação representa uma grande oportunidade para o Brasil se integrar mais às cadeias globais de valor, e afirmou que os Estados Unidos serão um grande parceiro do Brasil nesse esforço.

O governo federal planeja enviar ao Congresso Nacional, em março, o projeto de lei que regulamenta a já aprovada reforma tributária.

Amazônia

A Secretária americana também destacou que o Brasil deve se beneficiar do atual debate global para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e, consequentemente, os impactos das mudanças climáticas.

Yellen ressaltou que o Brasil está bem posicionado para se beneficiar da transição global para uma economia neutra em carbono, graças à sua matriz energética já fortemente baseada em fontes renováveis. Isso será um ativo importante à medida que as economias ao redor do mundo aumentam cada vez mais os custos de produção de carbono.

Ela também enfatizou o papel central da Floresta Amazônica neste novo modelo de desenvolvimento. Segundo Yellen, a bacia amazônica, um sumidouro de carbono de vital importância, oferece oportunidades significativas para o setor privado, incluindo empresas americanas, por meio da economia verde brasileira, além de avançar na transição para energias limpas, investir na produção de alimentos à base de plantas e na indústria de cosméticos.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas