A Nova Era da Indústria Verde no Brasil

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) tem sido uma defensora incansável da sustentabilidade na indústria. A organização acredita que a adoção de práticas industriais sustentáveis pode impulsionar a inovação e a eficiência ecológica, além de proporcionar uma vantagem competitiva.

Recentemente, o governo federal lançou a política “Nova Indústria Brasil”, que está em sintonia com a agenda ambiental da CNI. Esta política tem como objetivo atingir metas em setores como bioeconomia, descarbonização e transição energética.

Rafael Lucchesi, diretor de Desenvolvimento Industrial e Economia da CNI, vê isso como uma oportunidade para o Brasil avançar na economia verde. Ele destaca que o Brasil tem uma grande insolação, ventos contínuos e regulares, um pacote tecnológico de energia de biomassa e um potencial fantástico para o hidrogênio verde.

Lucchesi ressalta que o Brasil tem a matriz energética mais limpa do planeta e a mais competitiva a longo prazo. Ele também lembra que a transformação ecológica do processo produtivo deve reduzir a emissão de carbono.

Ele acredita que o Brasil será uma das economias que melhor produzirá energia verde, de forma abundante e mais barata. Segundo Lucchesi, a construção da dinâmica desse processo dependerá de uma maior convergência das estratégias empresariais com políticas públicas modernas.

A CNI reconhece que a indústria desempenha um papel fundamental no desenvolvimento sustentável. Por meio do projeto Indústria Verde, a CNI apresenta as contribuições do setor para a agenda ambiental. Esta iniciativa é uma das pioneiras no setor produtivo ao assumir a responsabilidade de promover a implementação dos compromissos climáticos no país.

A Indústria Verde é mais do que apenas uma tendência; é uma necessidade. À medida que o mundo se move em direção a um futuro mais sustentável, o Brasil está bem posicionado para liderar o caminho na indústria verde. Com a política “Nova Indústria Brasil” e o projeto Indústria Verde, o país está dando passos significativos para um futuro mais verde e mais sustentável.

Edição Atual

Noticias Relacinadas