Estudo avalia uso de ferramenta para gestão visual de projetos em startups

Artigo produzido pela estudante de ciência da computação Crismerlyn Pereira ganhou o prêmio de melhor trabalho de graduação na quinta edição da Escola Regional de Engenharia de Software (Eres).

Intitulado “Uso de quadros Kanban virtuais sob as lentes do DX: um estudo com profissionais de startups de software”, o estudo faz parte do projeto de iniciação científica de Pereira, desenvolvido na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), campus de Sorocaba, com apoio da FAPESP e orientação da professora Luciana Zaina.

Pereira entrevistou profissionais que trabalharam em times de software de startups para investigar sua experiência no uso de quadros Kanban virtuais – ferramenta para gestão visual de projetos que permite às equipes entender melhor a carga e o fluxo de trabalho.

De acordo com Zaina, os resultados revelaram que os participantes consideram que os quadros Kanban virtuais são essenciais para visualizar o trabalho do time e garantir sentimentos de autonomia e confiança. “Mas também mostraram que nem sempre os profissionais possuem conhecimento sobre todos os recursos disponíveis na ferramenta, o que pode causar a sensação de que seu desempenho fica aquém do esperado”, indica a orientadora.

Durante a premiação, foi destacada a qualidade do artigo quanto ao seu rigor científico e à clareza dos resultados.

O Eres é uma iniciativa que reúne principalmente estudantes de graduação e promove diversas atividades com profissionais da área de engenharia de software.

* Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui