Investimento Federal de 150 Milhões no Programa Cisternas na Amazônia

 

Na segunda-feira (11/03), uma delegação do Governo Federal visitará Curralinhos, na Ilha de Marajó (PA). O objetivo da visita é assinar um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para lançar editais de instalação de tecnologias de acesso à água na região. Este projeto, que envolve um investimento total de até R$ 150 milhões, visa promover a inclusão produtiva e beneficiará 4.625 famílias rurais de baixa renda.

O plano é atender comunidades que residem em unidades de conservação de uso sustentável, como florestas nacionais e reservas extrativistas. Além disso, comunidades remanescentes de quilombos e projetos de assentamento agroextrativistas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Rondônia também serão beneficiados.

As entidades escolhidas através do edital coordenarão a implementação de tecnologias sociais de acesso à água, em colaboração com instituições previamente credenciadas no Programa Cisternas do MDS. Isso permitirá que os residentes das áreas beneficiadas captem e armazenem água da chuva, que será filtrada para consumo próprio e utilizada para a produção de alimentos através de atividades produtivas sustentáveis.

A visita contará com a participação de representantes dos ministérios do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), além do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas