Lula discute a descarbonização da mobilidade com membros do MBCB

 

Hoje, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, juntamente com o vice-presidente Geraldo Alckmin e o Ministro-chefe da Casa Civil Rui Costa, se encontrou com membros do Acordo de Cooperação Mobilidade de Baixo Carbono para o Brasil. Esta coalizão reúne diversos setores, incluindo bioenergia, autopeças, montadoras, entidades de tecnologia e engenharia, pós-venda e sindicatos de trabalhadores, para discutir a mobilidade sustentável no Brasil.

O grupo reconhece o grande potencial do Brasil para liderar a transição energética global e seus impactos na mobilidade. Eles também elogiaram os recentes progressos feitos pelo governo e pelo Congresso Nacional, como a aprovação do Programa Combustível do Futuro pela Câmara dos Deputados.

A colaboração entre o governo, o Congresso Nacional e o setor privado tem sido crucial para reconhecer a história de sucesso dos biocombustíveis, como o etanol, no Brasil e seu potencial futuro com novas tecnologias, como veículos híbridos e elétricos, biometano e hidrogênio de baixo carbono. Isso foi evidenciado pelo lançamento da Aliança Global de Biocombustíveis, em parceria com a Índia, os Estados Unidos e outros 16 países, a criação do Programa Mobilidade Verde – MOVER e as iniciativas no âmbito do G20, sob a presidência brasileira em 2024.

Os participantes enfatizaram a importância de adotar todas as rotas tecnológicas de baixo carbono disponíveis, sem discriminar ou privilegiar tecnologias específicas, para uma mobilidade sustentável do ponto de vista econômico, social e ambiental.

Na próxima terça-feira (19), o MBCBrasil apresentará o estudo inédito ‘Trajetórias Tecnológicas mais Eficientes para a Descarbonização da Mobilidade’, elaborado pela LCA Consultoria e MTempo Capital, que aborda os impactos socioeconômicos da transição energética dos transportes no Brasil. O estudo será apresentado no seminário Descarbonização – Os Caminhos para a Mobilidade de Baixo Carbono para o Brasil, realizado em parceria com a Esfera Brasil.

O evento será transmitido ao vivo para todo o Brasil através de um Link fornecido.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas