Alunos do Amazonas criam tintura natural a partir de vegetais

 

Um projeto inovador que transforma vegetais em corantes naturais foi realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), como parte do Programa Ciência da Escola (PCE), edital nº 002/2023. Este projeto, intitulado ‘Corantes caseiros: obtenção de corantes naturais de origem vegetal’, foi uma iniciativa dos alunos do Ensino Médio do Centro Educacional Governador Gilberto Mestrinho, localizado em Tefé, Amazonas.

A professora de Química Raniele Batista coordenou a atividade, que utilizou vegetais comuns como cenoura, beterraba, urucum, couve, repolho roxo e açafrão para produzir corantes naturais em formatos líquidos e em pó.

Os corantes produzidos foram aplicados em tintas caseiras, que foram usadas pelos alunos para colorir desenhos em sala de aula. Raniele explicou que os corantes naturais de cenoura, beterraba, urucum e cúrcuma podem ser utilizados na alimentação, desde que sejam produzidos com higienização adequada dos instrumentos e vegetais.

Raniele ressaltou que o projeto permitiu aos alunos aprender mais sobre a disciplina de forma lúdica, através da pesquisa e experimentos científicos. Ela também destacou que os corantes naturais podem ser produzidos por plantas, animais e micro-organismos na forma de pigmentos, sendo utilizados principalmente na indústria alimentícia para conferir ou intensificar a coloração de produtos.

No decorrer do projeto, cada vegetal exigiu cuidados e testes específicos para a produção do corante. Todos foram submetidos a testes com ácido e base, alguns apresentaram reações significativas que possibilitaram a mudança na coloração, como o extrato de repolho roxo, que resultou em tons de azul e rosa.

Raniele destacou o entusiasmo dos alunos que participaram da oficina ao descobrirem que todas as tintas foram produzidas a partir de vegetais de forma simples e que apresentaram excelente pigmentação no papel. Cerca de 60 alunos participaram da oficina de corantes caseiros.

O Programa Ciência na Escola, criado pela Fapeam, é voltado para a participação de professores e estudantes de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica desenvolvidos nas escolas.

Edição Atual

Noticias Relacinadas