Desenrola Brasil estendido até 20 de maio pelo Governo

 

O Governo decidiu estender o Programa Desenrola Brasil, uma iniciativa de renegociação de dívidas para indivíduos inadimplentes, pela segunda vez. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda, a medida provisória que estende o programa deve ser publicada no Diário Oficial da União na quinta-feira (28).

Originalmente, as renegociações terminariam em dezembro, mas foram estendidas até 31 de março. A demanda crescente após a fusão do Desenrola com aplicativos bancários, Serasa Limpa Nome e Caixa Tem justificou a extensão. Desde o início do mês, as dívidas do Desenrola também podem ser renegociadas nas agências dos Correios.

A extensão se aplica apenas à Faixa 1 do Desenrola, destinada a pessoas com renda de até dois salários mínimos ou registradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do Governo Federal e a dívidas de até R$ 20 mil. As renegociações para essa categoria começaram em outubro.

Expansão

Desde o início do ano, o governo tem facilitado a adesão ao Desenrola. No final de janeiro, pessoas com perfil bronze no Portal Gov.br passaram a poder parcelar suas dívidas. Anteriormente, quem tinha uma conta desse nível, que tem menos segurança, só podia quitar o valor negociado à vista. Com a mudança, a proporção de usuários com login de nível bronze aumentou de 19% para 40% das negociações diárias.

O governo também começou a integrar a plataforma Desenrola com os sistemas de atendimento de instituições financeiras e empresas como Serasa e Correios. A integração foi possível graças à Portaria 124 do Ministério da Fazenda, emitida em 29 de janeiro, que autorizou parcerias para expandir o alcance do programa.

Mais de 700 empresas participam do mutirão, incluindo bancos, financeiras, varejistas, operadoras de telefonia, concessionárias de água e energia e securitizadoras. No total, mais de 550 milhões de ofertas estão disponíveis no MegaFeirão, além dos descontos de até 96% do Programa Desenrola.

A partir de 15 de fevereiro, o Desenrola Brasil também pode ser acessado através do site da Serasa Limpa Nome. Com a integração entre as plataformas, os usuários logados na plataforma da Serasa já podem ser redirecionados para o www.desenrola.gov.br, onde é possível consultar as dívidas e fazer os pagamentos nas condições do programa, sem a necessidade de outro login.

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Fazenda, o Desenrola Brasil beneficiou cerca de 12,2 milhões de pessoas, que renegociaram R$ 37,5 bilhões em dívidas. Os descontos médios na plataforma do programa são de 83%, em alguns casos chegando a 96%, com pagamento à vista ou parcelado sem entrada, e com até 60 meses para pagar.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas