Governo Federal destina computadores a aldeias indígenas no Pará

O Ministério das Comunicações entregou, na última quinta-feira (21/3), 30 computadores a três aldeias indígenas na região de Santarém, no Pará, para levar inclusão digital e alternativas educacionais para os estudantes dessas localidades.

Os equipamentos, viabilizados por meio do programa Computadores para Inclusão, estão sendo montados nos locais para a criação de novos Pontos de Inclusão Digital (PIDs).

“Estamos avançando no compromisso de levar internet e computadores de qualidade para os cidadãos que mais precisam. A inclusão digital é uma forma de garantir a jovens e adultos o direito de acesso a informações e a tecnologias. A doação desses computadores é um grande exemplo da missão do Governo Federal de tornar o Brasil cada vez mais conectado e unido”, disse o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Os equipamentos foram preparados em Belém (PA) por alunos, em sua maioria jovens em situação de vulnerabilidade social, formados pelo Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC), do Instituto Gustavo Hessel (IGH).

Inclusão digital nas aldeias

Da capital paraense até chegar ao município de Santarém, onde ficam as aldeias Novo Lugar, da etnia indígena Borari, e Cachoeira do Maró e São José III, ambas de indígenas da etnia Arapiun, os computadores foram cuidadosamente transportados por vias terrestre e fluvial.

De acordo com o professor e coordenador do Sistema de Organização Modular de Ensino (Some), o líder indígena Poró Borari, os computadores atenderão aproximadamente 180 alunos dos ensinos fundamental e médio, que estudam dentro das três aldeias indígenas.

“É um grande avanço para os nossos alunos. Já tivemos casos de egressos do ensino médio que não sabiam nem ligar uma máquina. A destinação desses computadores significa acesso à informação e a ferramentas tecnológicas. Tudo isso aprimora o ensino”, afirmou.

Os equipamentos destinados às aldeias fazem parte da doação de mil computadores para a criação de Pontos de Inclusão Digital (PIDs) no estado do Pará. O anúncio foi feito neste mês, pelo ministro Juscelino Filho, em Belém .
hiperlink:

Computadores para Inclusão

A iniciativa do Ministério das Comunicações conserta e recupera computadores encaminhados por órgãos do Governo Federal, que não seriam mais utilizados por estarem antigos ou quebrados.

Os Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) prepararam esses equipamentos para novo uso. A manutenção é realizada durante as aulas de formação, pelos próprios alunos.

O programa Computadores para Inclusão já doou 37,2 mil computadores e criou 2,6 mil Pontos de Inclusão Digital (PIDs) em 779 municípios brasileiros para promover a inclusão digital de jovens e adultos.

Por: Ministério das Comunicações (MCom)

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas