Painel Revela Fontes de Água Subterrânea na Amazônia Legal

 

O Serviço Geológico do Brasil (SGB) lançou uma ferramenta inovadora que promete assegurar o fornecimento de água potável para os habitantes da Amazônia Legal, especialmente durante períodos de seca severa. O painel recém-lançado pelo SGB fornece dados sobre fontes de água subterrânea nos estados de Roraima, Acre, Amazonas, Pará, Amapá, Rondônia, Maranhão, Tocantins e Mato Grosso, facilitando a identificação de poços adequados para a extração de água para uso doméstico, industrial, irrigação e outros propósitos.

A plataforma, que tem planos de expansão para outros estados ao longo do ano, oferece mapas e informações hidrogeológicas por município, incluindo dados e estatísticas sobre todos os 49 mil poços da região registrados no Sistema de Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS), mantido pelo SGB. Através do painel, é possível consultar a localização, situação, natureza, finalidade, profundidade, vazão e nível de água dos poços, especialmente aqueles monitorados pela Rede Integrada de Monitoramento de Águas Subterrâneas (RIMAS).

Valmor Freddo, chefe da Divisão de Hidrogeologia e Exploração do SGB, explica: “Embora as águas subterrâneas não possam compensar a redução do fluxo dos rios, principalmente em relação à infraestrutura viária, esses recursos hídricos desempenham um papel crucial na mitigação dos danos causados, principalmente no que diz respeito ao fornecimento de água para as populações ribeirinhas”.

Freddo acrescenta que “as águas subterrâneas são uma parte essencial do ciclo hidrológico e representam fontes importantes a serem consideradas para o abastecimento e consumo da população, especialmente neste momento de crise hídrica que afeta a Região Norte do país”.

SIAGAS

O Sistema de Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS) tem como objetivo coletar, verificar, armazenar e disponibilizar dados e informações hidrogeológicas georreferenciadas. Inicialmente, o sistema foi desenvolvido para apoiar a elaboração de mapas hidrogeológicos e, posteriormente, para atender às demandas dos usuários na área de recursos hídricos e áreas correlatas. Atualmente, o SIAGAS possui um cadastro de 371 mil poços em todo o território nacional.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas