Plásticos em Alimentos: Uma Ameaça Silenciosa à Saúde

A organização norte-americana sem fins lucrativos, Consumer Reports, recentemente fez uma descoberta alarmante: os plásticos mantêm uma presença generalizada nos alimentos, apesar dos riscos conhecidos à saúde. A organização pediu aos órgãos reguladores que reavaliem a segurança dos produtos que entram em contato com os alimentos durante a produção.

A Presença Ubíqua de Plásticos

Em um estudo recente, a Consumer Reports testou 85 alimentos de supermercados e fast foods e descobriu que 84 deles continham “plastificantes” conhecidos como ftalatos. Estes são produtos químicos usados para tornar o plástico mais durável. Além disso, 79% das amostras de alimentos continham bisfenol A (BPA), outro produto químico encontrado no plástico, e outros bisfenóis. Embora os níveis fossem mais baixos do que nos testes realizados em 2009, a presença desses produtos químicos ainda é preocupante.

Riscos à Saúde

Os ftalatos e os bisfenóis podem interromper a produção e a regulação do estrogênio e de outros hormônios, aumentando potencialmente o risco de defeitos congênitos, câncer, diabetes, infertilidade, distúrbios do desenvolvimento neurológico, obesidade e outros problemas de saúde. Níveis elevados de ftalatos foram encontrados em produtos como Cheerios, comida para bebês Gerber e iogurte Yoplait, além de vários hambúrgueres, nuggets e batatas fritas da Wendy’s, Burger King e McDonald’s.

Variações entre Produtos Similares

A Consumer Reports também encontrou variações significativas entre produtos similares. Por exemplo, os 33.980 ftalatos em nanogramas por porção no Wendy’s Crispy Chicken Nuggets eram mais de quatro vezes o nível do Chicken McNuggets do McDonald’s. “Isso nos diz que, por mais difundidos que sejam esses produtos químicos, há maneiras de reduzir a quantidade presente em nossos alimentos”, disse James Rogers, que supervisiona os testes de segurança de produtos da Consumer Reports.

A Necessidade de Reavaliação

O grupo de consumidores observou que uma reavaliação pela agência de alimentos e medicamentos dos EUA (FDA) e por outros órgãos sobre os riscos dos plastificantes é “atrasada e essencial”. A General Mills, cujas marcas incluem Annies, Cheerios e Yoplait, não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários. O Burger King e a Wendy’s não se manifestaram. A Gerber e o McDonald’s disseram que seguem os requisitos regulatórios e exigem testes rigorosos para produtos químicos nas embalagens.

Em resumo, a presença de plásticos em nossos alimentos é uma questão de saúde pública que requer atenção imediata. É essencial que os órgãos reguladores tomem medidas para garantir a segurança dos alimentos que consumimos.

Edição Atual

Noticias Relacinadas