Prioridades dos Governadores da Amazônia a um Ano da COP30

 

Na primeira reunião do ano, os governadores do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal (CAL) delinearam suas metas e prioridades para 2024, visando não apenas preparar a região para sediar a COP30 em Belém, em 2025, mas também promover o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental na Amazônia.

1. Preparativos para a COP30: Os preparativos para a Conferência das Partes (COP30) são uma das principais prioridades, com foco na organização do evento, infraestrutura necessária e programas ambientais que serão apresentados durante a conferência. Os governadores estão comprometidos em garantir que a COP30 seja um marco na luta pela preservação da Amazônia e pelo combate às mudanças climáticas.

2. Regulamentação Fundiária e Uso do Solo: A regulamentação fundiária e o uso sustentável do solo são questões essenciais para combater o desmatamento ilegal e promover a conservação da floresta amazônica. Os governadores estão trabalhando em iniciativas para garantir a regularização de terras e incentivar práticas agrícolas e extrativistas sustentáveis.

3. Mercado de Carbono e Preservação da Amazônia: A regulamentação do mercado de carbono oferece oportunidades para a geração de recursos financeiros destinados à preservação da Amazônia. Os governadores estão explorando maneiras de participar ativamente desse mercado, promovendo projetos de REDD+ e outras iniciativas de compensação de carbono.

4. Educação Ambiental: Investir em educação ambiental é fundamental para conscientizar a população sobre a importância da conservação da Amazônia e promover práticas sustentáveis ​​em toda a região. Os governadores estão desenvolvendo ações para integrar a educação ambiental ao currículo escolar e promover campanhas de sensibilização pública.

5. Segurança Pública: A segurança pública é uma preocupação constante na Amazônia, especialmente diante das atividades ilegais, como o desmatamento e a exploração ilegal de recursos naturais. Os governadores estão coordenando esforços para combater o crime organizado e proteger as áreas protegidas da região.

Presidido pelo governador do Pará, Helder Barbalho, o CAL está comprometido em promover o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental na Amazônia. O próximo Fórum de Governadores da Amazônia Legal está agendado para os dias 11 e 12 de abril em Rio Branco, no Acre, onde serão discutidas novas estratégias e iniciativas para a região.

Edição Atual

Noticias Relacinadas