Setur desenvolve ações de Turismo Responsável nos municípios paraenses

Ao longo de 2023, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) realizou ações de capacitação e orientação para a promoção do turismo responsável em Soure, Itaituba, Acará, Belém, Salinópolis, Vigia, Breu Branco, Vitória do Xingu, Belterra, Maracanã e Marabá com a participação de gestores e empreendedores. O turismo responsável é uma abordagem transversal que visa equilibrar o desenvolvimento do turismo com a preservação dos recursos naturais, culturais e sociais das comunidades visitadas.

“Essa abordagem é guiada por princípios éticos e sustentáveis, visando minimizar os impactos negativos do turismo e maximizar os benefícios para os visitantes, as comunidades locais e o meio ambiente”, afirma Hugo Almeida, gerente de estruturação dos destinos turísticos da Setur.

Os pilares do turismo responsável incluem a promoção de práticas que minimizem o impacto ambiental do turismo, preservando ecossistemas, flora e fauna; o incentivo à utilização eficiente de recursos, redução de resíduos e a promoção de energias renováveis; a valorização e o respeito pelas tradições, costumes e patrimônio cultural das comunidades locais e a segurança dos visitantes e das comunidades locais contra exploração e discriminação, essenciais para a promoção de uma experiência turística positiva e sustentável.

Foto: Divulgação

A atuação da Setur ocorreu através de capacitações, palestras, orientações e visitas aos empreendimentos de apoio ao turismo para a promoção de práticas de Turismo Responsável nos municípios paraenses. No eixo do Turismo Responsável, a secretaria lançou a campanha “Turismo Responsável que transforma: enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes em contexto de turismo” com a produção, divulgação e distribuição de cartaz impresso e digital com QR Code habilitado para o acesso ao Código de Conduta Brasil contra a exploração de crianças e adolescentes no turismo.

Segundo Eduardo Costa, secretário da pasta, o turismo quando praticado de maneira responsável pode ser um grande aliado para o desenvolvimento econômico e social de uma região. “Devemos estimular a adoção de práticas sustentáveis no setor turístico. Queremos promover a integração da produção local à cadeia produtiva do turismo garantindo o acesso democrático de públicos prioritários à atividade turística e, especialmente, intensificando o combate à violação dos direitos de crianças e adolescentes no turismo”, afirmou.

Foto: Divulgação

Comitê Estadual- Como participante no Comitê Estadual de enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes, a pasta do turismo atua na sensibilização do trade turístico. “Esse ano tivemos alguns avanços como a sensibilização de multiplicadores da Setur para uma abordagem sobre a temática visando a construção de uma agenda permanente com a rede de turismo das 14 regiões de turismo do Pará, como também a execução de uma campanha educativa sensibilizando meios de hospedagem, transporte, agências de turismo, bares, restaurantes e gestores municipais com palestras e cartazes que estão sendo afixados nos empreendimentos com orientações sobre segurança turística e canais de denúncia”, avaliou Hugo, representante da Setur no Comitê.

Nacional- No âmbito nacional, uma equipe técnica da secretaria participou do I Encontro Nacional de Turismo Responsável promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O encontro realizado em outubro teve como objetivo orientar destinos turísticos e trocar experiências quanto à implementação de ações de gestão responsável, incentivando a adoção de boas práticas em sustentabilidade, segurança turística e turismo de base comunitária por gestores públicos e privados, comunidade local e turistas.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas

×