Aumento de 14% na mistura de biodiesel no diesel a partir desta sexta-feira

 

A partir desta sexta-feira (1º), o percentual de biodiesel adicionado ao diesel foi aumentado de 12% para 14%, resultando na proporção conhecida como B14. O biodiesel, produzido a partir de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais, é reconhecido como uma alternativa sustentável aos combustíveis fósseis, desempenhando um papel crucial na transição energética. O diesel é utilizado em uma variedade de veículos, incluindo caminhões rodoviários de carga, ônibus de transporte coletivo e modelos off-road, como picapes.

A decisão de antecipar o cronograma de aumento da mistura de biodiesel foi tomada pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) em dezembro de 2023. Originalmente planejado para 2025, o aumento tem como objetivo reduzir as emissões de CO₂ em aproximadamente cinco milhões de toneladas e diminuir a dependência do país em relação aos combustíveis fósseis.

Além dos benefícios ambientais, o aumento na mistura de biodiesel também fortalece a segurança energética do Brasil, reduzindo a necessidade de importação de aproximadamente 2 bilhões de litros de diesel, de acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME).

O Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, destacou que a medida também beneficia os produtores agrícolas em todas as escalas. “Estamos fortalecendo não apenas o agronegócio, mas também a agricultura familiar, combatendo as desigualdades e respeitando as vocações regionais”, afirmou. Silveira também mencionou o decreto recente de reformulação do Selo Biocombustível Social, que visa promover o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva, desde os pequenos produtores até as grandes usinas de biodiesel.

O aumento na mistura de biodiesel implica em uma maior demanda por matéria-prima, especialmente soja, estimada em cerca de 6 milhões de toneladas até 2025, quando está previsto o aumento para 15% (B15). O MME também prevê uma redução de aproximadamente R$ 7,2 bilhões nos gastos com importação de diesel e a recuperação da capacidade produtiva ociosa das usinas instaladas.

A próxima alteração no percentual de mistura de biodiesel está programada para 1º de março de 2025, quando a proporção de biodiesel no diesel aumentará para 15% (B15).

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas