Porto de Santos recebe investimento recorde de R$ 12,6 bilhões

 

O Porto de Santos, crucial para a distribuição de bens e produtos que abastecem o Brasil e grande parte do mundo, receberá um investimento de R$ 12,6 bilhões entre 2024 e 2028. Este é o maior montante já destinado para expansão e modernização do principal complexo portuário do hemisfério Sul. O anúncio foi feito pelo ministro de Porto e Aeroportos, Silvio Costa Filho, em 11 de março.

Costa Filho ressaltou que o Governo Federal prioriza questões que impulsionam o crescimento do país. O Porto de Santos desempenha um papel fundamental nesse aspecto, pois contribui para a criação de empregos, aumento de produtividade e tempo, modernização da logística portuária e geração de renda para a população, impulsionando a economia brasileira. Atualmente, o porto representa quase 30% da balança comercial do país.

O ministro afirmou que as obras anunciadas serão essenciais para fomentar o turismo de negócios na Baixada Santista e para o desenvolvimento da região. Ele destacou a importância do plano estratégico para que o Governo Federal, o governo do estado e toda a sociedade brasileira possam acompanhar o desenvolvimento do Brasil.

O pacote de obras e novos investimentos inclui 12 projetos estratégicos para o setor portuário. A maioria dos R$ 12,6 bilhões que serão investidos nos próximos quatro anos provém de investimento público, que atrairá investimento da iniciativa privada.

O principal projeto anunciado por Costa Filho é o túnel Santos-Guarujá, a maior obra prevista no novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O primeiro túnel imerso da América Latina custará R$ 5,8 bilhões do total anunciado. A obra beneficiará mais de 5 milhões de pessoas, incluindo os 1,6 milhão de habitantes da Baixada Santista e mais de 4 milhões de turistas que visitam o litoral norte paulista anualmente.

Além disso, estão previstas obras no parque do Valongo, que contará com restaurantes, lojas e áreas de lazer. O plano estratégico também inclui obras de dragagem para aprofundamento do Canal de Acesso e dos berços, e a transferência do terminal de passageiros (Concais) para a área do parque Valongo.

Antes da coletiva de imprensa, o ministro Silvio Costa Filho visitou o início das obras de ampliação do aeroporto do Guarujá, em São Paulo. O projeto do novo aeroporto inclui quatro fases. Na primeira, serão investidos mais de R$ 20 milhões para melhorias nas alças de taxiamento e na pista principal, além do terminal de passageiros. A construção do novo aeroporto deve ser concluída em dois anos.

Costa Filho finalizou afirmando que essa obra é fundamental para o desenvolvimento do turismo de negócios e de lazer, e que irá impulsionar a economia da cidade, gerando mais empregos e oportunidades para todos. Ele reforçou seu compromisso de levar desenvolvimento econômico e social para todo o país e expandir os setores portuário, hidroviário e aeroportuário.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas