UFPA Sediará o I Encontro Nacional de Política e Meio Ambiente na Amazônia

 

A Universidade Federal do Pará (UFPA), em colaboração com a Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), sediará o I Encontro Nacional “Política e Meio Ambiente na Amazônia: desafios políticos e da governança” de 12 a 15 de março de 2024. O evento reunirá pesquisadores de todo o país para discutir os desafios políticos enfrentados na Amazônia. As inscrições estão abertas até 29 de fevereiro na página do evento.

A cidade de Belém ganhou destaque com a próxima Conferência de Mudanças Climáticas das Nações Unidas, que será realizada na capital em 2025. Isso gerou muitos debates, principalmente na Amazônia Legal. O evento visa discutir a relação entre política e meio ambiente e promover discussões acadêmicas sobre o meio ambiente e sua interação com outros tópicos na agenda de pesquisa de cientistas políticos e na agenda política dos governos brasileiros.

Segundo a professora do PPGCP, Eugênia Rosa Cabral, o objetivo do I Encontro Nacional é aproximar pesquisadores, gestores públicos e representantes da sociedade civil para discutir os diversos problemas que afetam o meio ambiente amazônico e os desafios que o Estado e a sociedade devem enfrentar para promover o desenvolvimento sustentável na região.

O evento foi criado considerando a relevância do tema para a região e para o Brasil, o contexto político e social e o fato de a Amazônia ter sido escolhida para sediar a COP 30. Isso representa uma oportunidade para tomar decisões urgentes para enfrentar os problemas sociais e ambientais.

Para aprimorar o debate, a programação incluirá conferências, palestras, mesas-redondas e workshops, com palestrantes de várias regiões do país. Além dos debates, o evento também lançará coletâneas de artigos produzidos por professores e ex-alunos do PPGCP, palestrantes e parceiros do Projeto Procad-Amazônia, entre outras produções.

Para participar do evento, as inscrições estão abertas até 29 de fevereiro, através da página do evento. Os valores das inscrições variam de acordo com a categoria do participante, de 10 reais para estudantes de graduação a 100 reais para professores e pesquisadores do ensino superior que se inscreverem até 29 de fevereiro. A partir de 1º de março, haverá uma mudança nos valores. Além de estudantes de graduação e professores e pesquisadores do ensino superior, pesquisadores, mestres e doutores, professores do ensino básico e médio e alunos de pós-graduação também podem participar.

Os interessados também podem submeter trabalhos até 14 de fevereiro, nas modalidades Pôster-Resumo e/ou Resumo, que abordem as seguintes áreas temáticas: Meio Ambiente e Comportamento Político, Políticas Regulatórias e Conflitos Socioambientais na Amazônia, Meio Ambiente e Políticas Públicas, entre outros.

A expectativa é que essa troca de conhecimentos fortaleça as redes de pesquisa e a interação entre a Universidade, o Estado e a Sociedade Civil, para fortalecer o trabalho de políticas em favor da preservação ambiental e da justiça social e ambiental.

Edição Atual

Assine nossa newsletter diária

Noticias Relacinadas